Para uns, o amor transborda. Para outros, derrama.
9626
"Que a minha loucura seja perdoada, pois metade de mim é amor e outra metade também."
Oswaldo Montenegro
199
"Sentir falta é diferente de sentir saudade. A saudade bate, agonia, estremece. A falta congela, chora, entristece. A saudade é a certeza que a pessoa vai voltar. A falta, é o querer ter de volta, mas saber que não vai ter."
Tati Bernardi
128
"Você não tem medo de nada. Tem resposta pra tudo. Nunca sente frio e também nunca precisa de ninguém. Você supera fácil, sabe dar a volta por cima e ocupar as lacunas em branco. Você sempre começa vários relacionamentos mas já tem em mente que existe um fim para cada um deles. Você não se apega a nada e nem a ninguém. Você não tem amnésia mas tem uma facilidade absurda pra se esquecer das coisas. Eu só queria ser um pouquinho mais parecido com você."
Querido John
46
"Eu bem que podia ter tentado te impressionar. Dizer que sou uma pessoa bem agradável, amorosa, gentil, bonita e fina. Também podia te contar todas as coisas legais e incríveis que faço diariamente. E podia relatar todas as “bondades” que fiz ao longo dos meus trinta e um anos. Podia, mas não fiz. Eu sou essa mesmo: sem máscara, sem arma, sem retoque, sem nada. Tenho incontáveis defeitos, mas me ofereço inteira: com minhas partes estragadas e boas. Se quiser vem logo pra cá."
Clarissa Corrêa
95
"Às vezes, o que precisamos está tão próximo… Passamos, olhamos, mas não enxergamos. Não basta apenas olhar. É preciso saber olhar com os olhos, enxergar com a alma e apreciar com o coração. O primeiro passo para existir é imaginar. O segundo é nunca se esquecer de que querer fazer é poder fazer, basta acreditar."
Pedro Bial
130
"É realmente inexplicável que eu não tenha deixado de lado todos os meus ideais, porque eles parecem tão absurdos e impossíveis de se concretizarem. Mesmo assim eu os conservo, porque ainda acredito que as pessoas são boas de coração. Simplesmente não posso edificar minhas esperanças sobre alicerces de confusão, miséria e morte. Vejo o mundo gradativamente se tornando uma selvageria. Escuto o trovão se aproximando, cada vez mais, o que nos destruirá também; posso sentir o sofrimento de milhões e ainda assim, penso que tudo irá se corrigir, que esta crueldade também terminará. Enquanto isso, preciso adiar meus ideais para quando chegarem os tempos em que talvez eu seja capaz de alcançá-los."
O Diário de Anne Frank
273
"As vezes a gente lembra e ri. Lembra e chora. Lembra por causa de uma foto, uma música ou até mesmo um filme. Lembra e relembra. Outras vezes lembra por apenas lembrar. E outras vezes lembra porque te fizeram lembrar. Lembra porque a única coisa que ainda resta é a lembrança. Lembra e já nem dói mais. Mas que dá uma puta de uma saudade, ah, isso dá."
Thiara Macedo
160
"Um belo dia ele repensa as coisas e decide que não quer mais. E você fica se perguntando onde errou, tenta achar um modo de consertar as coisas, pensa de que maneira pode reverter essa terrível situação. Durante dias decide repassar mentalmente a história de vocês, tenta achar alguma razão para ele ter tomado uma atitude como aquela. Relembra, com uma mistura de carinho e tristeza, os beijos, as conversas, as viagens, os planos. E sofre. Sofre alucinadamente. Conta a mesma história duzentas e nove vezes para a melhor amiga, a colega de trabalho, a moça do caixa do supermercado e a manicure. Todas são categóricas: não há o que fazer. Você sofre. Vasculha a vida dele no Facebook. Tenta descobrir se tem outra na jogada. Segue ele por todos os lugares. Liga e desliga quando ele atende. Descobre, através dos amigos em comum, que ele não está sofrendo. Isso te faz sofrer ainda mais. Depois de algumas lágrimas, pequenos porres e muita investigação, descobre que não existe mulher nenhuma, que ele não está com nenhuma doença terminal, que não anda bebendo ou usando drogas, que não entrou em nenhuma seita misteriosa, que não mudou de opção sexual, que não vai se mudar para outro país. Ele apenas não quer mais ficar ao seu lado. Depois de muita análise, alguns tarja preta, muitos filmes melosos, algumas barras de chocolate, muitas palmadas na autoestima e pequenos momentos de autocrítica, você descobre que não tem nada de errado. Que é uma mulher bonita, legal, inteligente e divertida. Que as pessoas são livres para gostar de quem quiserem. Que um relacionamento às vezes acaba porque tem que acabar. Que ninguém é obrigado a gostar de você só porque você quer. Que freqüentemente a gente gosta é do gostar, e não especificamente daquela pessoa. Que quando for o tal do “pra ser” vai ser. Que não pode depender emocionalmente de ninguém, a não ser de você mesma. E que é preciso, antes de tudo, se gostar. Muito."
Clarissa Corrêa
223
"A gente se apaixona por esses tipinhos banais que vivem rindo. E a gente se pergunta: que é que ele tem que brilha tanto? Que é que ele tem que quando chega ofusca todo o resto?"
Tati Bernardi
4699
"Porque quando você ama sente necessidade da outra pessoa. Não por dependência, carência e outras ências. Mas porque é bom estar ali, com o corpo junto, coração do lado, ouvindo a respiração. Você se sente em casa."
Clarissa Corrêa
credits